• Quer contratar vários seguros de vida? Fique atento.

    Leia mais →
  • Comunicado Importante

    Confira os novos contatos da Central de Assistência Funeral: 

    0800 771 6502 ou 11 4781 6996.

    Leia mais →
  • 5 razões muito importantes para você fazer um seguro de vida

    Um em cada cinco pessoas não se preocupa em fazer seu próprio seguro de vida. Pelo menos foi isso que apontou uma pesquisa feita pela LearnVest e Guardian Insurance, da Inglaterra. O principal motivo aprontado pelos britânicos ouvidos apontou para um erro comom: o de achar que não há necessidade já que o cônjuje está coberto.
     
    Na realidade, mesmo os solteiros deveriam aderir aos seguros de vida. A explicação é simples: há uma relação que precisa ser amplamente considerada nessa hora entre dependência emocional e dependência financeira. Para elucidar melhor, o blog "Mesegura", apontou cinco razões muito importante para você fazer um seguro de vida.
     
    Nessa hora é preciso levar em consideração alguns pontos, como: quem depende do seu apoio? É casado? Os pais precisam de algum suporte financeiro? Possui um pequeno negócio? Se preocupa com as demais pessoas da sua família?
     
    Entenda todas as variáveis aqui: 
     

    Leia mais →
  • Corretores comemoram aprovação do Supersimples no Senado e aguardam sanção presidencial

    Ótima notícia para os corretores de todo o Brasil. A categoria permanece na tabela 3 do Supersimples, o regime de tributação simplificado para micro e pequenas empresas, um antigo desejo da classe, que agora espera a sanção presidencial, para investir no crescimento profissional com mais tranquilidade, já que a carga tributária será feita pelo faturamento anual e não mais por categoria, como vinha ocorrendo.
     
    O texto, aprovado por unanimidade em Brasília, foi apresentado pelo deputado Armando Vergílio (SDG-GO), presidente licenciado da Fenacor, que também tomou à frente da comissão que analisou a matéria na Câmara. Agora, profissionais de todo País começam a se mobilizar para acompanhar o processo de sansão, por parte da presidente Dilma Rousseff, o que deve ocorrer nas próximas duas semanas.
     
    A categoria securitária é uma das mais injustiçadas que eu conheço. Somos tratados como se fôssemos grandes empresas do setor financeiro, grandes bancos e nós somos micro e pequenos empreendedores”, disse o deputado.

    Leia mais →
  • É preciso fidelizar o cliente

    Em um mercado cada vez mais competitivo, o diferencial está nos mínimos detalhes. Cada empresa tem sua peculiaridade e uma forma de trabalhar que a difere das concorrentes, por isso fidelizar um cliente hoje é algo fundamental, tanto para os prestadores de serviço, que visam crescer e gerar negócioss, como para o parceiro, que deposita confiança na realização dos projetos. Pensando nisso, o Portal Segs publicou recentemente os “Seis passos para fidelizar o seu cliente”.
     
    São eles:
     
    1. Conheça seu cliente: me parece evidente que para estabelecer empatia com seu cliente, é fundamental conhecê-lo. Pergunte, observe, analise seu comportamento. Crie um banco de dados com informações relevantes dos clientes voltadas ao seu negócio.
     
    2. Crie vínculo: uma vez conhecendo-os, essa etapa passa a ser uma consequência pois você conseguirá por meio das informações obtidas atrair o interesse de seus clientes e desta forma criar este vínculo.
     
     
    3. Encantamento é chave: aqui é onde o foco do cliente será utilizado, pois uma vez sabendo suas necessidades e criando o vínculo, você irá desenvolver ações dirigidas a satisfazê-los. E de fato é o grande objetivo na busca da fidelização. Atingindo a satisfação constante dos clientes é que se encanta e como consequência, se fideliza.
     
     
    4. Estabeleça um canal de comunicação: seja criativo, sendo também fiel ao seu negócio. Isso significa usar canais e formatos de comunicação que sejam consistentes com o tipo do seu negócio, os produtos ou serviços que você vende, a sua marca, entre outros.
     
     
    5. Monitore a efetividade das ações: você pode utilizar o mesmo sistema ou banco de dados onde armazena as informações dos clientes para também obter dados de monitoramento. Crie pesquisas frequentes, ofereça benefícios para que os clientes participem, e desta forma você conseguirá entender os efeitos das ações que têm praticado e ajustar ou corrigir possíveis desvios. É muito importante medir, pois o que não é medido não se pode melhorar.
     
     
    6. Busque ferramentas inovadoras: no mundo atual é fundamental estar “conectado”. Portanto, fique atento de que forma seus clientes estão conectados e faça disso um diferencial para seu negócio. Redes sociais, sites, eventos e outros, podem ser uma excelente forma de manter sues clientes fidelizados.
     
    Confira a matéria na íntegra aqui: 
     

    Leia mais →